POR QUE SOFRER OS IMPACTOS DA CRISE SE VOCÊ TEM ESTAGIÁRIOS?

APROVEITANDO AS OPORTUNIDADES QUE O MOMENTO PROPORCIONA

A quarentena decorrente do COVID19 tem dois caminhos: você está no time do desespero, sem saber o que fazer, perdendo clientes e de portas fechadas, em todos os sentidos ou está no time de empresas que conseguiram, de forma simples e criativa, trazer soluções para continuar – e em alguns casos, até melhorar – o atendimento aos clientes!

É claro que quase todas as empresas – com raríssimas exceções – já foram ou serão afetadas pela mudança abrupta que sofreu o mercado, mas esse é um momento de manter a calma e trazer à tona soluções que até então, não foram cogitadas.

E uma solução surpreendentemente tem feito a diferença durante a crise: o trabalho dos estagiários. Através dessa força inusitada de trabalho, empresas têm “dado a volta por cima”.

Neste artigo, vamos mostrar exemplos de algumas empresas parcerias do IEL que estão mantendo seus estagiários de forma estratégica para driblar os efeitos da crise, além de dicas para quem quer começar a aplicar essa solução ainda hoje. 

CASES DE SUCESSO DE PARCEIROS DO IEL GOIÁS

Segmento: Alimentação
O COVID PODE FECHAR AS PORTAS FÍSICAS  MAS NÃO AS DIGITAIS 

O estagiário de marketing de uma conceituada empresa de alimentação em Goiânia – trabalhando em home office – criou uma landing page para receber os pedidos online, além de monitorar o WhatsApp, o Facebook e o Instagram, por onde os clientes também podem fazer seus pedidos. O estagiário repassa os pedidos como ordens para o balcão que separa os itens e organiza para o entregador.  

O processo deu tão certo que outra vaga de estágio foi aberta para que exista alguém dedicado exclusivamente aos aplicativos de entrega.

O marketing da empresa não parou e os diretores tiveram uma boa surpresa com os resultados. Os custos reduziram, bem mais que a receita bruta. No fim das contas, o resultado é positivo.

Segmento: Saúde 
O CAOS FICA LÁ FORA. AQUI TEMOS O NOSSO ESTAGIÁRIO!

Se teve algo que pode ser listado com efeito colateral do Corona vírus, esse item é a histeria. Pessoas em pânico, uma chuva de informações, algumas verdadeiras, muitas falsas. O cenário certamente é caótico, ruas desertas, comércios fechados, pessoas em isolamento e com medo do desconhecido.  

Com certeza esse não é o ambiente adequado para alguém em recuperação. 

Uma clínica de recuperação parceira do IEL tem garantido a tranquilidade de seus internos com um ambiente organizado – que não foi perdido com a chegada dos decretos de isolamento – com a ajuda do estagiário de Farmácia, que tem uma missão: Organizar o estoque de medicamentos. 

Mas o que era pra ser uma simples atividade de empilhar caixinhas e frascos, tornou-se um processo que melhorou o atendimento em toda a instituição. 

O estagiário (sim, o estagiário), criou um acesso online para o estoque, atualizando duas vezes ao dia, assim, os enfermeiros já podem saber, antes de acessar os quartos, se a medicação está separada, agilizando os atendimentos e, principalmente, evitando o retrabalho. 

Menor custo, menos tempo perdido com retrabalho, mais agilidade no atendimento. Para contratar seu estagiário é só clicar em saiba mais.

Segmento: Serviços
IEL – INSTITUTO EUVALDO LODI
ANTES A GENTE ERA UM PRÉDIO. AGORA SOMOS A CIDADE. 

E para mostrar que o ditado “Em casa de ferreiro, espeto de pau” às vezes está errado, a gente decidiu te contar o que nós, que trabalhamos há 50 anos integrando estagiários e empresas, decidimos sobre nossos próprios estagiários.

Cerca de 30% da nossa força de trabalho vêm dos estagiários. Eles trazem os bons sintomas de inovação que nós sempre estamos em busca. De repente, a crise chega e precisamos mandar todo mundo, de colaborador, terceirizado a estagiário, para casa.

O grande desafio era fazer com que uma estrutura que sempre funcionou em um grande prédio, bem localizado, com ótima infraestrutura, conseguisse funcionar com todo mundo em casa.

Prédio vazio, luzes apagadas.

Com a ajuda da Carina, nossa estagiária de Administração, e do Rommenigues, nosso estagiário de Ciências da Computação, conseguimos realocar todos os atendimentos para os telefones dos atendentes. O chat de WhatsApp foi compartilhado com todos da central de atendimento também. Assim, mesmo com o prédio vazio, os telefones continuam sendo atendidos, chats respondidos, e-mails encaminhados… nada do processo parou.

Se antes o IEL estava num prédio, agora estamos na cidade toda, graças à maturidade tecnológica e a cultura de inovação trazida implicitamente pelos estagiários.

Quer conferir como ficou o atendimento do IEL?

Entre em contato através do https://www.ielgo.com.br ou ligue para (62) 3216-0300. 

E NO SEU SEGMENTO, O QUE PODE SER TRANSFORMADO?

A tecnologia tem sido de grande ajuda nesse momento de crise, onde as empresas podem contar com o auxílio de vários aplicativos e softwares para várias finalidades. Temos dois artigos que podem ajudar com informações muito importantes. Um é sobre como as tecnologias podem ajudar no crescimento de uma empresa mesmo em meio à crise. O outro é sobre algumas ferramentas que podem ser um oásis quando se precisa de algo para melhorar a produtividade, criar um planejamento ou até mesmo gerenciar seu tempo de trabalho.

Não permaneça na dúvida: aqui nós podemos te ajudar seja com informações e conteúdos de qualidade, ou com as soluções do IEL onde sua empresa pode se manter de pé em meio à essa crise. 

Temos um time de especialistas que vão te ajudar a detectar em qual aspecto sua empresa pode evoluir seja na transformação digital, seja no recrutamento de um estagiário, ou se especializando em alguma área com um de nossos cursos. 

Nossos contatos você já tem, não perca tempo, seja a diferença em meio à crise!  

Um comentário sobre “POR QUE SOFRER OS IMPACTOS DA CRISE SE VOCÊ TEM ESTAGIÁRIOS?

Deixe uma resposta