O que é cultura organizacional e qual é a sua importância para o sucesso de uma empresa? Cada pessoa tem uma visão do que é indispensável para que um negócio dê certo: agilidade, qualidade, inovação, por exemplo. Contudo, antes de pensar em produtos e serviços, devemos enxergá-la como ela é: toda empresa é um grupo de pessoas. A partir deste cenário que pensamos na cultura como o vínculo que conecta essas pessoas.

Logo, cultura é um termo utilizado para definir o conjunto de atividades, tradições, hábitos, rituais, entre outros aspectos sociais de um determinado grupo. No caso de uma empresa, podemos ver a cultura na forma como os colaboradores se comportam, na apresentação visual da marca, na linguagem adotada, na forma como tratam a concorrência, os clientes e os parceiros. Ademais, ela também está presente no código de ética e na forma como a empresa lida com os problemas.

Na construção do planejamento estratégico de uma marca, a definição clara e concisa de missão, visão e valores é algo muito maior do que imaginam. Apesar de parecer simples, estes pontos irão nortear a forma como você se posiciona no mercado e, de certa forma, a cultura estará presente em cada um destes aspectos.

  • Com a missão, você será capaz de definir o que é prioridade nas entregas dos seus produtos e serviços.
  • Com a visão, você será capaz de definir o que é prioridade para atingir os seus objetivos.
  • Com os valores, você será capaz de definir o que é prioridade dentro da vivência empresarial como um todo.

Depois de ler um pouco sobre o assunto e entendendo a sua importância, você pode estar se perguntando:

Como levar a cultura para a prática?

Apresentação da cultura organizacional

Uma vez que o planejamento estratégico está bem definido, é preciso que comecem a mostrá-lo através das participações da sua empresa no ecossistema em que está inserida. Este posicionamento deve estar presente em cada aparição da marca, seja através dos produtos e serviços, dos colaboradores, das mídias, etc. Cada ponto de contato deve ser observado com muita atenção.

Fit Cultural

Durante a seleção de novos membros, é preciso levar em conta a cultura no processo seletivo. Aliás, teste de personalidade, entrevistas, atividades interativas ou dinâmicas podem te ajudar a entender quem é o candidato. A partir disso, você deve fazer o julgamento se ele se alinha ou não com os propósitos da empresa.

On-boarding

Assim que ocorre a contratação, a cultura também deve se fazer nos momentos iniciais de treinamento e integração. A apresentação da equipe, as capacitações, a comunicação e o alinhamento com o time deve estar de acordo com o que a empresa preza. Desta forma, a recepção deve refletir a personalidade da marca e demonstrar o que a empresa espera do funcionário.

Acompanhamento

Por fim, para garantir a manutenção da cultura empresarial, é preciso fazer o monitoramento constante da satisfação da equipe. Conversar com o time, entender suas necessidades e suas dores pode ser um bom indicador para entender se todos estão alinhados com a cultura e se ela ainda faz sentido ou precisa ser revista.

Enfim, o que você está esperando para colocar essas dicas na prática? Ao criar uma cultura forte na sua empresa, você agrega valor a sua marca. Alguns dos pontos positivos dessa ação são o aumento dos lucros e a baixa rotatividade, por exemplo. Mais do que uma empresa, você e o seu time criam laços como uma família. Por isso, na próxima seleção de estagiários e jovens aprendizes, conte com o apoio do IEL para construir uma equipe que vai impactar o crescimento da sua empresa.

Por que falar sobre cultura organizacional?

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: