Com a chegada do dia do estagiário, celebramos o começo da implementação de leis para esta modalidade de trabalho. Ainda que o IEL tenha muita expertise em outros produtos, não tem como negar o valor que o estágio tem para nossa equipe. No fim das contas, a sua importância não é à toa: o IEL surgiu para aproximar os estudantes das linhas de montagem com estágios supervisionados em 29/01/1969.

O IEL e as Empresas

A partir do momento em que o Brasil se mostra receptivo a entrada de empresas estrangeiras, por volta dos anos 1990, foi possível constatar o atraso tecnológico da indústria brasileira. Reconhecendo a importância de trabalhar sobre estas ameaças e melhorar o panorama dos negócios brasileiros, o Instituto passa a atuar no processo de inovação e modernização das práticas empresariais. Neste cenário, o IEL se torna referência em termos de inovação e gestão e, sobretudo, um forte aliado dos empresários que buscavam competir com as multinacionais.

Uma rede que continua crescendo

E se engana quem acredita que essa história ficou no passado! O Instituto Euvaldo Lodi continua trabalhando em soluções inovadoras em mais de 100 unidades operacionais espalhadas pelos 26 estados e no Distrito Federal. Olhando para nosso cenário regional, a FIEG criou o IEL para desenvolver a integração indústria-universidade dentro do nosso estado. Atualmente, continuamos expandindo os nossos pontos de contato através de unidades em cinco cidades estratégicas, além da capital (Anápolis, Catalão, Itumbiara, Luziânia e Rio Verde).

Nossos números

Dentre as ações realizadas, a organização já proporcionou a visita de alunos nas empresas, a promoção de monografias com premiações, mas foi o Programa de Estágio que levantou o nome da empresa aos goianos. A instituição conta com cerca de 2,5 mil empresas cadastradas, 12 mil alunos estagiando e outros 330 mil que passaram pelo IEL ao longo dos anos, fora uma taxa impressionante de 70% de efetivação de estagiários nas empresas.

O por quê da data

O dia do estagiário é comemorado em 18 de agosto por conta da publicação do Decreto nº 87.497/82. Este documento serviu para regulamentar a prática através de regras e limites. Assim, a data pode ser vista como o momento apropriado para celebrar a importância dos estagiários dentro do cotidiano empresarial. Uma vez que eles auxiliam no desenvolvimento das empresas em que trabalham, fortalecem as conexões que as universidades e as instituições de ensino possuem com o mercado de trabalho. Além disso, o estágio possibilita que os estudantes tenham experiências fora da sala de aula, desenvolvendo habilidades relevantes para sua vida profissional.

Com o avanço do empreendedorismo, fica evidente o poder que a experiência tem sobre a decisão de contratação. É por esta razão que o estágio tem se popularizado entre os estudantes, especialmente entre aqueles que querem crescer dentro do mercado de trabalho. Steve Jobs, Christine Lagarde, Steven Spielberg, Oprah Winfrey são alguns dos grandes nomes que começaram como estagiário.

O por quê do IEL

Enfim, na hora de trabalhar com estágios (seja contratando, seja se candidatando), priorize um órgão de integração que atua ativamente na transformação da indústria. Portanto, procure alguém com anos de experiência, com reconhecimento nacional e com uma equipe repleta de especialistas prontos para te auxiliar.

Não perca a oportunidade de estagiar com as melhores empresas da região, faça o seu cadastro no SNE. Mantendo o seu perfil atualizado e conferindo-o diariamente, você garante maiores chances de encontrar a oportunidade perfeita para você. Por outro lado, para contratar a gente como agente integralizador é mais fácil ainda. Preencha os dados neste formulário para que possamos entrar em contato com você.

IEL e os Estagiários: O início de uma história

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: